Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Hoje
Mín C
Máx C
Amanhã
Amanhã
Mín C
Máx C
Depois
Depois
Mín C
Máx C

Trilho dos Pescadores

RASGANDO PAISAGENS IMPONENTES, SENTINDO A DUREZA DO VENTO MARÍTIMO, CONVIVENDO COM A BIODIVERSIDADE ENDÉMICA DAS DUNAS E COM A AUTENTICIDADE DA CULTURA

O Trilho dos Pescadores, esculpido por pés muitas vezes descalços entre as aldeias e o mar – os pesqueiros, é um trilho que se insere dentro do PNSACV que se estende entre S. Torpes e o Burgau, começa em Porto Covo, no Largo Marquês de Pombal, seguindo em direcção ao porto de pesca, onde atravessa a ribeira. A partir daqui sobe-se a encosta da Casa da Tiana Augusta e segue ao longo da falésia até à Ilha do Pessegueiro. Aqui o percurso segue pelo areal da Praia da Ilha até ao Forte do Pessegueiro.

Para passar o Barranco do Queimado há que voltar um pouco para o interior e deste ponto até às Alturas do Norte, o caminho segue por uma pista larga que contorna o extenso cordão dunar das Praias dos Aivados e Malhão.

Com a maré baixa e mar calmo pode seguir à beira-mar até ao final das praias e assim vai seguindo até Vila Nova de Milfontes. Entre a Praia do Queimado e a praia do Malhão o caminho não está integralmente sinalizado por isso tem que contornar as dunas tal como anteriormente explicado.

Esta etapa (Porto Covo/Vila Nova de Milfontes), é longa e cansativa, pois são 20 km em piso de areia.

Deve preparar-se bem para este trilho e levar no mínimo 1,5l de água.